Rupture Disk
O primeiro fabricante de disco de ruptura, líder por mais de 80 anos no mercado de dispositivos de alívio de pressão.
Systema BIO-SAF™

Systema BIO-SAF™

A diversificada gama de discos de ruptura, alojamentos e conexões sanitários da BS&B foram especialmente projetados para terem fino acabamento superficial e materiais não contaminantes para a proteção de sobrepressão nas aplicações das indústrias sanitário-assépticas. Os produtos da linha Bio Saf™ atendem os exigentes critérios sanitários requeridos pelas indústrias farmacêuticas, de biotecnologia e de processamento de alimentos atuais. 

Todos os alojamentos e conexões sanitários da BS&B são projetados para montagem com a braçadeira sanitária padrão a fim de permitir uma instalação do disco de ruptura rápida e fácil. Os alojamentos podem ser montados a outras tubulações ou conexões sanitárias utilizando-se braçadeiras e juntas sanitárias padrão. Alojamentos e conexões sanitários também estão disponíveis para montagens com juntas de topo, face para solda encaixe. 

Acabamento Superficial

Nosso padrão de acabamento superficial para discos de ruptura e alojamentos é 20 a 25 Ra em todas as superfícies molhadas. Polimento ou eletropolimento podem ser aplicados para atender requisitos especiais de acabamento superficial.

Nomenclatura dos Discos Reversos e Compostos

Discos reversos e compostos são disponibilizados com os sufixos –S ou –ST (RLS-S, RLS-ST, por exemplo) a fim de permitir o uso em conexões sanitárias menores.

Faixa de Fabricação dos Discos Reversos

Todos os discos reversos são disponibilizados com faixas de fabricação de 0%, 5% ou 10%. A faixa é aplicada para o lado de baixo da pressão de ruptura solicitada. 

Exemplo: Se um disco é especificado com pressão de ruptura de 75 psig (5,17 barg) e faixa de fabricação de 10%, terá sua pressão de ruptura estampada de 67,5 psig (4,65 barg) a 75 psig (5,17 barg). 

Tolerância de Ruptura para Discos Reversos

Tolerância de ruptura é a máxima variação admissível da pressão de ruptura estampada na plaqueta de identificação do disco de ruptura. 

Discos de ruptura com pressões acima de 40 psig (2,76 barg).................... =±5% 

Discos de ruptura com pressões até 40 psig (2,76 barg) ou abaixo.......... = ±2 psig (/0,14 barg)

Especificações para Discos de Ruptura Sanitários
Tipo
Dimensão Nominal
Polegada(s) (mm)
Pressão de Ruptura psig
(barg)
Pressão de Operação Máxima
(7)
Vida Útil - Resistência à Fadiga
Fluido de Processo 
Modelo do Alojamento (8)
GFR-S (5) 
1.0 (25) - 3 (80)  
11.5 (0.79) - 300 (20.68)
90% 
BOM 
GÁS/ LÍQUIDO (1)  
GR-C  
JRS-S (2)
JRS-ST
1.0 (25) -4 (100)
16 (1.10) - 180 (12.40)  
90%
BOM  

GÁS (3)  

SR-C  
GLRS (5)
RLS-S (2)
RLS-ST
1.5(40)  

1.0 (25) - 4 (100)

175 (12.0) - 350 (24.13)  65 (4.48) - 275 (18.96)  
90%
BOM 
GÁS/ LÍQUIDO (4)  
GR-C
SR-C
SR-C  
D-ST  
 DV-ST   
DD-ST (6)
1.0 (25) - 4 (100)
8 (0.55) -   275 (18.96)  
80%
BOM 
GÁS/ LÍQUIDO  
FF-C  
AV-ST (6)
2 (50) -   4 (100)
4.25 (0.29) - 40 (2.76)  
60%
SATISFATÓRIO  
GÁS/ LÍQUIDO  
FF-C  
VKB (6)  
P/VKB
2 (50) - 8(200)
5.50" WC - 44" WC  

13.75mbarg - 110mbarg 

7 (0.48) - 170 (11.70)  

80%
SATISFATÓRIO  
GÁS/ LÍQUIDO  
KB-C  

PKB-C

AVB-ST (6) -
1 (0.07)  -  10 (0.69)  
- SATISFATÓRIO -
VB-C  

Consulte a BS&B para outros tamanhos disponíveis para os discos de ruptura modelos JRS, RLS e D.

Notas:

  1. Consulte a BS&B para aplicações em sistemas cheios de líquido.
  2. Material padrão para discos de ruptura modelos JRS e RLS é AISI 316. Consulte a BS&B para outros tipos de material e outras pressões de ruptura.
  3. Pode ser usado em sistemas com líquido desde que haja um volume de gás ou vapor acima do líquido e abaixo do disco.
  4. Para aplicações em sistemas cheios de líquido ou aplicações com gás ou vapor.
  5. Os discos de ruptura modelos GFR-S e GLR-S utilizam alojamentos GR-C, FM-C ou FT-C.
  6. Disco de ruptura com atuação bidirecional para alívio de pressão e vácuo.
  7. Máxima pressão de operação recomendada como porcentagem da pressão de ruptura.
  8. Os alojamentos modelos SR-C, FF-C, KB-C, PKB-C, VB-C e PVB-C também estão disponíveis com terminal de encaixe ou solda.

Disco de Ruptura Reverso modelo GCR-ST

O disco de ruptura GCR-ST tem um projeto inovador que utiliza a tecnologia SAFT (Structural Apex Forming) oferecendo uma faixa extensa de pressões de ruptura para aplicações sanitário-assépticas presentes nas indústrias farmacêuticas, de biotecnologia e alimentícias.

Características e vantagens:

  • Projeto único para serviço em gás ou em líquido
  • Projeto de “falha segura” (fail-safe design) – Relação de ruptura, se danificado, menor ou igual a 1
  • Pressões de ruptura baixas e altas
  • Ideal para aplicações CIP/SIP*
  • Instalado com juntas sanitárias/ assépticas integrais
  • Acabamento superficial do disco típico de 8 a 16 micro-inch
  • Espaço mínimo entre o fluido de processo e disco
  • Aplicável para pressões de operação de até 90% da pressão de ruptura estampada em plaqueta.** ou 95% da mínima pressão de ruptura especificada (Norma CEN standard pendente)
  • Projetado para não fragmentar
  • Faixa de fabricação padrão 0%. Opcional de -5% e -10%
  • Resiste a vácuo em todas as pressões de ruptura
  • SASTM (Sensor de Alerta Sanitário) com a opção de sensor de vazamento disponível
  • Opção de sensor integral de ruptura
  • Patentes mundiais pendentes

*Clean in Place (limpo no local)/Steam in Place (vaporizado no local)
** Para pressões de ruptura de 40 psig (2,76 barg) e menores, a pressão máxima de operação recomendada é 90% da pressão de ruptura estampada menos 2 psi (0,14 barg) de tolerância.

Especificações de Pressões de Ruptura Mínima e Máxima a 22ºC (72o F) Psig (Bar) para discos GCR-ST

Conexão Sanitária Dimensão Nominal do Disco Pressão de Ruptura Altura Total
(A)
Diâmetro Externo (OD)
(B)
in mm Minimum Maximum in
mm
in
mm
1.5 40 10 0.69 300 20.7 1.62 41 1.98 50.4
2 50 10 0.69 300 20.7 1.62 41 2.52 63.9

Consulte a BS&B para disponibilidade de pressões de rupturas diferentes das relacionadas.

Projeto

A família de discos de ruptura GCR-ST foi projetada com um vinco circular localizado na extremidade da superfície conformada. Na pressão de ruptura estampada, o disco se reverte e abre recortando a linha de vincagem circular. O disco GCR-ST atinge pressões de ruptura muito baixas com excelentes características de abertura. Uma dobradiça de absorção de energia, localizada na face de saída do disco, permite que o disco opere com fluidos líquidos ou gasosos com excelente desempenho de fluxo. A dobradiça aplicada ao disco foi projetada para interagir com o alojamento de saída de maneira a reter o disco no momento da ruptura evitando assim a fragmentação do disco.

Tecnologia SAFT: Pressão de ruptura do disco, se danificado, menor ou igual a 1

Formação Estrutural do Ápice, cavidade de precisão presente em todos os discos de ruptura tipo GCR-S, combinada com a dobradiça para a absorção de energia assegura que um disco de ruptura danificado romperá com pressão igual ou menor que a especificada em plaqueta.

Pressão de Ruptura Estampada na Plaqueta

O Código ASME estabelece que a pressão de ruptura estampada na plaqueta esteja dentro da faixa e fabricação e que esta seja definida de maneira que a pressão de ruptura de uma amostra do lote esteja dentro das tolerâncias especificadas (+/- 2 psig para pressões de ruptura até 40 psig ou +/- 5% para pressões de ruptura acima de 40 psig). A BS&B Safety Systems excederá os requisitos do Código ASME em continuar a usar a média dos valores de ruptura das amostras de teste para o estabelecimento da pressão de ruptura a ser estampada na plaqueta (para faixas de fabricação de -5% e -10%) exigindo que esta média esteja dentro da faixa de fabricação. Isto está em conformidade com os requisitos das edições prévias do Código ASME e manterá a consistência no estabelecimento da pressão de ruptura estampada na de plaqueta para o usuário.

Sensores

O Sensor de Alerta Sanitário foi projetado para o uso entre conexões sanitárias/ assépticas para prover um alerta quando do evento da ruptura do disco. Detector de Vazamento para disco de ruptura também está disponível. Consulte a BS&B Safety Systems para mais informações.

Os discos de ruptura modelos GCR-ST e GCR-SMT também estão disponíveis com sensores de ruptura integrais (montados diretamente no disco). Para sensores integrais ao disco solicite os discos modelos GCR-SST e GCR-SMST.

Faixa de Fabricação

A faixa de fabricação é uma faixa de pressão na qual está contida a pressão de ruptura estampada na plaqueta do disco de ruptura para que seja aceitável como requisito estabelecido e aceito entre o fabricante do disco de ruptura e o usuário ou seu representante.

A faixa de fabricação padrão para o disco de ruptura GCR-ST é 0%. A pressão de ruptura especificada pelo usuário será a pressão de ruptura estampada na plaqueta do disco de ruptura. Faixas de fabricação opcionais de -5% e -10% podem ser especificadas caso as condições operacionais permitam. A faixa de fabricação é aplicada somente abaixo da pressão de ruptura especificada.

Desempenho em Fluxo

De acordo com os Códigos ASME e CEN* o fator KR de resistência de fluxo pode ser usado para determinar a capacidade de alívio de um sistema. Valores individuais para a aplicação dos discos com fluidos gasosos e líquidos foram estabelecidos. A mínima área livre de alívio (do inglês MNFA minimum net flow area) é fornecida para ajudar no dimensionamento seguindo os critérios ASME.  A mínima área livre de alívio é fornecida também para o dimensionamento conforme as normas européias e internacionais.

Valores de KR, Área Mínima Livre de Fluxo (MNFA, Values Minimum Net Flow Area) e Área Livre de Alívio (NRA,  Net Relief Area)

Dimensão do Disco 1 1/2" (40 mm) 2" (50 mm)
KR 1.95 1.25
**MNFA in2 1.22 2.31
***NRA cm2 7.35 14.12

*Ainda pendente
**Utilize o MNFA in2 quando o dimensionamento for conforme o código ASME, UG-127(a)(2)(a).
***Utilize o NRA cm2 (Net Relief Area) quando o dimensionamento for conforme as normas Européias.

Os valores de KR informados são para fluidos gasosos. Os discos de ruptura GCR-ST foram testados quanto ao desempenho com fluidos gasosos e líquidos. Contate a BS&B Safety Systems para obter os valores de KR para a aplicação com fluidos líquidos. A marcação de discos de ruptura conforme CE é oferecida como complemento para validação conforme o Código Europeu.

Materiais das Juntas

O disco de ruptura GCR-ST é fornecido com juntas de silicone aprovadas pelo FDA (US Food and Drug Administration), Viton® (branco ou preto), EPDM (branco ou preto) e Aço inoxidável e revestimento de mistura de PTFE que asseguram a montagem correta e instalações estanques com conexões tipo GR-CT ou com alojamento para disco de ruptura modelo FM-CT.


Material Temperatura Mínima de Uso Temperatura Máxima de Uso
Silicone -67ºF (-55ºC) 450ºF (232ºC)
Viton® -40ºF (-40ºC) 400ºF (204ºC)
EPDM -67ºF (-55ºC) 300ºF (149ºC)
Stainless Steel and PTFE blend
-20ºF (-29ºC) 450ºF (232ºC)

Materiais do Disco de Ruptura

O material padrão para o disco de ruptura é AISI316. Consulte a BS&B Safety Systems para a disponibilidade de outros materiais.

Revestimentos

Revestimentos, aplicados no lado do processo do disco de ruptura, estão disponíveis para todas as dimensões de discos como um opcional. O FEP ou o PTFE são os materiais normalmente aplicados.

Faixa de Temperatura de Uso
Revestimento ºF ºC
FEP -40 to 400 -40 to 204
PTFE -40 to 500 -40 to 260

Discos Tipo GCR-ST

Os discos de ruptura GCR-ST e GCR-SST são instalados entre conexões sanitárias padrão na entrada e o alojamento modelo GR-TC na saída garantindo a montagem correta do disco de ruptura e uma instalação estanque.

Os discos de ruptura modelos GCR-SMT e GCR-SMST utilizam juntas com configuração simétrica em ambos os lados e montam em conexões sanitárias padrão Tri-Clamp® ou equivalentes.

O disco de ruptura modelo GCR-SET é instalado em alojamento FM-CT. A entrada do alojamento modelo FM-CT é soldado na parede do vaso de pressão permitindo que o disco de ruptura seja instalado faceado à parte interna do vaso de pressão. O espaço entre o fluido de processo e o disco de ruptura é minimizado.

GCR-SWT é um conjunto sanitário soldado. O disco é soldado entre conexões sanitárias padrão.

Instalação

Os projetos do disco de ruptura GCR-ST e alojamento FM-TC asseguram a montagem do disco na direção posição correta e a instalação do dispositivo de alívio em condição estanque. A BS&B recomenda a montagem do disco de ruptura GCR-ST no seu respectivo alojamento utilizando braçadeira clamp Tri Clamp® 13 MHHS (ou equivalente) apertado por porca sextavada que permite o controle do torque de instalação. O emprego da tecnologia SAFT na fabricação do disco de ruptura GCR-ST demonstra uma sensibilidade mínima da força de fechamento da braçadeira em discos expostos a variações de temperatura. Entretanto, o fechamento do conjunto através da braçadeira deve ser feito com a carga adequada para assegurar a estanqueidade do conjunto.

Discos de Ruptura Reversos Modelo GLR-S

O disco de ruptura modelo GLR-S está disponível no diâmetro nominal de 1.1/2” para o uso com a conexão de 1.1/2” modelo GR-C ou com os alojamentos FM-C e FT-C. O disco de ruptura GLR-S está disponível nas faixas de pressão que seguem abaixo.

Alojamento Modelo FM-C

A entrada do alojamento FM-C é soldada à parede do vaso de pressão permitindo que o disco de ruptura seja instalado faceado à parte interna do vaso. Pontos de acúmulo são eliminados e o espaço entre o fluido de processo e o disco de ruptura é minimizado. Os alojamentos FM-C estão disponíveis em aço inoxidável AISI 316 (braçadeira em AISI 304) para discos e braçadeiras de Ø1” a Ø3”.

Alojamento Modelo FT-C

O alojamento FT-C pode ser usado para substituir as conexões sanitárias convencionais tipo “T” na qual o disco de ruptura modelo GFR-SE é instalado com a vantagem de minimizar o espaço vazio entre o fluido de processo e o disco de ruptura. O alojamento FT-C permite que o disco de ruptura seja posicionado adjacente ao fluxo de processo. A ação autolimpante do fluxo do fluido minimiza um possível acúmulo na superfície do disco. Os alojamentos FT-C estão disponíveis em aço inoxidável AISI 316 para discos e braçadeiras de Ø1" a Ø3".


Alojamento Modelo FM-C
Dimensão do Disco Dimensão do Clamp C D
pol
mm
A
B
pol
mm
pol
mm
1" 25 1" 3 2.470 62.7 3.224 81.9
1.5"
40
1.5"
3
2.470
62.7
3.224
81.9
2"
50
2"
3
2.470
62.7
3.224
81.9
3"
80
3"
4
2.470
62.7
4.256
108.1

 

Type   FT-C 
DIMENSÃO DA CONEXÃO DO DISCO/CLAMP A B C D
pol mm pol mm pol mm pol mm pol mm
1 25 3.97 101 3.0 76 4.0 102 6.00 152
1.5 4.0 3.97 101 3.0 76 4.0 102 6.00 152

Consulte a BS&B para conexões sanitárias de maiores dimensões

Discos de Ruptura Reversos Modelos JRS-S & JRS-ST

Os discos de ruptura reversos JRS-S e JRS-ST possuem um anel dentado montado na face de saída do disco. Quando o evento de sobrepressão ocorre, a abertura do disco se dá pela reversão do disco de ruptura contra o anel dentado promovendo a abertura total do disco.

Características e Benefícios:

  • Voltado para aplicações de baixas pressões.
  • Excelente para aplicações com fluidos gasosos ou vapores*.
  • Pressão de operação de até 90% da pressão de ruptura.
  • Projetado para não fragmentar.
  • Excelente para aplicações em processos com pressões cíclicas ou pulsativas.
  • Resiste ao vácuo sem a necessidade de suporte para vácuo.
  • Damage Ratio de 1,5 ou menor. Se instalado um disco danificado ele romperá em uma pressão, no máximo, de 1,5 vezes a da estampada na plaqueta.

* Pode ser usado em aplicações com fluidos líquidos desde que mantido uma interface gasosa de volume adequado entre o disco de ruptura e o fluido de processo.

+Para pressões de ruptura de até 40 psig (2,76 barg), a pressão de operação mínima recomendada é de 90% da pressão de ruptura menos 2 psig (0,138 barg).

Faixa de Fabricação

Discos de ruptura de Ø1,5” (40mm) e maiores estão disponíveis com faixa de fabricação de 0%, -5% ou -10%. Os discos de ruptura de Ø1" (25mm) estão disponíveis com faixa de fabricação de -2%, -5% e -10%.

  Especificações dos Discos MODELOS JRS-S & JRS-ST
Material Padrão AISI 316* 
Mínimas e Máximas Pressões de Ruptura @ 22°C (72 F)
DIMENSÃO
MÍNIMO 
MÁXIMO
Polegada(s)
mm
psig
barg
psig
barg
1
25 
24 1.65
180 
12.40
1.5
40 
22 1.52
150 
  10.34 
2
50 
20 1.38
120 
  8.27 
3
80 
18 1.24
80 
  5.52 
4
100 
16 1.10
70 
  4.82 

* Outras dimensões de discos e materiais estão disponíveis sob consulta.

Revestimento em FEP/PTFE pode ser aplicado em discos de ruptura de Ø2" (50mm) e maiores aplicados na face de entrada do disco de ruptura. Temperatura máxima de uso do FEP/PTFE é 260°C (500F). A temperatura máxima de uso do aço inoxidável AISI 316 é 399°C (750F).

Discos de Ruptura Reversos Modelos RLS-S & RLS-ST

Os discos de ruptura modelos RLS-S e RLS-ST são discos reversos com vinco circular aplicado na face de saída do disco de ruptura. Uma dobradiça metálica é soldada ao disco, também na face de saída, a fim de evitar a fragmentação. Quando ocorre a sobrepressão, o disco se abre ao longo da circunferência vincada oferecendo passagem total para o alívio.

Características e Benefícios

  • Excelente para aplicações em sistemas cheios de líquido.
  • Pressões de operação de até 90% da pressão de ruptura.
  • Projetado para não fragmentar.
  • Excelente para processos com pressurização cíclica ou pulsativa.
  • Resiste ao vácuo total sem a necessidade de suporte para vácuo.
  • Damage Ratio de 1,5 ou menor. Se instalado um disco danificado ele romperá em uma pressão, no máximo, de 1,5 vezes a da estampada na plaqueta.

Faixa de Fabricação

Os discos estão disponíveis com faixas de fabricação de -5% e -10%. Faixa de fabricação de 0% está disponível para algumas pressões de ruptura e dimensões.

Nota: Quando o disco RLS-S ou RLS-ST for selecionado, vide detalhes do alojamento modelo SR-C na página que segue.

Especificações dos Discos Modelo RLS-S & RLS-ST
Material Padrão AISI 316*
 
Pressões de Ruptura Mínimas e Máximas @ 22°C (72F)
Dimensão MÍNIMA MÁXIMA
Polegada(s) mm psig barg psig barg
1
25 
175 
12.00 
275
18.96 
1.5
40 
145 
10.00 
225
15.51 
2
50 
115 
7.93 
175
12.06 
3
80 
75 
5.17 
125
8.61 
4 100  65  4.48  100 6.89 

* Outras dimensões de discos e materiais estão disponíveis sob consulta.

Revestimento em FEP/PTFE pode ser aplicado na face de entrada ou de saída dos discos de ruptura de todas as dimensões. Temperatura máxima de uso do FEP/PTFE é 260°C (500F). A temperatura máxima de uso do aço inoxidável AISI 316 é 399°C (750F).

Disco de Ruptura Reverso Modelo GLR-S

É o disco de ruptura reverso modelo RLS montado com junta sanitária integral de silicone aprovado pelo FDA, Viton ou EPDM. O projeto exclusivo da junta assegura a instalação estanque do disco com a conexão GR-C ou com os alojamentos para discos de ruptura modelos FM-C/ FT-C. Os discos de ruptura GLR-S estão disponíveis para pressões de ruptura acima de 300 psig (20.68 barg) as quais não são atendidas pelos discos de ruptura modelo GFR-S. Está disponível na dimensão de 1.1/2" (40mm). Revestimento de FEP/ PTFE, aplicável no lado do processo, cobre toda a superfície do disco e junta.

Especificações para Disco Modelo GLR-S
DIMENSÃO
ÁREA DE ALÍVIO
PRESSÃO MÍNIMA
PRESSÃO MÁXIMA
Polegada(s) mm in2 mm2 psig barg psig barg
1.5 40 0.79 510 175 12.0 350 24.13

Especificações do Alojamento Sanitário SR-C

Dimensões dos Alojamentos Sanitários SRC para discos Modelos JR-S/JRS-ST, RLS-S/RLS-ST 

Discos de Ruptura Reversos
DIMENSÃO DO DISCO/ALOJAMENTO
BRAÇADEIRA/ OD TUBO Polegada(s)
MODELO DO DISCO ALTURA* A
Polegada(s)
mm 
Entrada Disco Saída Polegada(s)
mm 
1.0 
25 
 1.5 

  2.0 

2.0

2.0

 1.5 
2.0
-S 

-S 

   3.25 

3.0

83 

76 

1.5 
40 
  2.0 

  2.0 

 2.0 
2.5
 2.0 
2.0
-ST 

-S 

  3.0 
 3.0
76 

76 

2.0 
50 
2.0

  3.0 

3.0

3.0 
3.0 
4.0
 2.0 
 3.0 
3.0
-ST 

-ST

-S 

   4.19 

   3.69 
4.0

 106 

94

 102 

3.0 
80 
3.0 

4.0 

 4.0 
4.0
 3.0 
4.0
-ST 

-ST 

  4.0 
 4.0
 102 

102

4.0
100
4.0 
6.0
  6.0 
 6.0
4.0 
6.0
-S 
-S
 5.5 
5.5
  140  
 140

*Disco JRS-ST não é disponível para braçadeiras de 1.5" e 2". Consulte a BS&B para outras dimensões de braçadeiras e para aplicações maiores que 4" (100mm). Material padrão para alojamentos SR-C é o aço inoxidável AISI 316 com braçadeiras em AISI 304.

Discos de Ruptura Compostos Modelos D-ST & DV-ST

O disco de ruptura composto modelo D-ST consiste de uma lamina metálica conformada fragilizada com recortes montada sobre um selo sintético ou metálico.

Características e Benefícios

  • Excelente para serviços com fluidos líquidos ou gasosos.
  • Pressões de operação de até 80% da pressão de ruptura do disco.
  • O filme sintético de FEP/PTFE assegura estanqueidade e resistência a corrosão.

Disco Modelo DV-ST*

Quando houver vácuo no processo, um suporte para vácuo deve ser montado no disco de ruptura. Neste caso o modelo do disco de ruptura a ser especificado deve ser DV-ST.

Disco de Ruptura Modelo DD-ST*

O disco de ruptura modelo DD-ST pode ser usado quando o alívio em duas direções for necessário. Este disco consiste em duas coberturas metálicas fragilizadas com um selo sintético comum que “atua”, alternadamente, entre as duas coberturas. A pressão de ruptura de uma direção pode ser até o dobro da direção oposta com abertura de alívio plena em ambas as direções quando ocorre a ruptura. As pressões de ruptura disponíveis bem como características de desempenho são idênticas às dos discos D-ST.

* Os discos de ruptura modelos DV-ST e DD-ST podem não serem aplicáveis para todas as instalações sanitárias. Consulte a BS&B. 

Especificações dos Discos Modelos D-ST e DV-ST
Material Padrão AISI 316 e Selo em FEP/PTFE
Mínimas e Máximas Pressões de Ruptura @ 22°C (72F)
DIMENSÃO MÍNIMA MÁXIMA
Polegada(s) mm psig barg psig barg
1
25 
44 3.03 275
18.96 
1.5
40 
31 2.14 225
15.51 
2
50 
15 1.03 175
12.06 
3
80 
11 0.76 125
8.61 
4 100  8 0.55 100
6.89 

Consulte a BS&B para outras dimensões e materiais disponíveis. Temperatura mínima de uso -40oC (-40o F) e máxima de 260oC (500oF) com selo de FEP/PTFE.

Faixa de Fabricação e Tolerância

Exemplo: Se a pressão de um disco de ruptura é especificada para 17 psig (1.17 barg), o disco terá gravado na plaqueta uma pressão entre 15 psig (1.03 barg) e 21 psig (1.45 barg).

Pressão de Ruptura Estampada Tolerância
2 psig (0.14 barg) ≤ PRE ˂ 15 psig (1.03 barg) +/- 1.5 psig (0.1 barg)
15 psig (1.03 barg) ≤ PRE ˂ 40 psig (2.76 barg) +/- psig (0.14 barg)
PRE ≥ 40 psig (2.76 barg) +/- 5%

 

Faixa de Fabricação
Pressão de Ruptura Especificada
Amostras testadas devem estar dentro dos limites das pressões de ruptura abaixo
psig
barg
Acima
Abaixo
psig 
barg 
psig 
barg
2.5-3.5 
0.17-0.24 
0.07 
0.07 
4-6 
0.27-0.42 
0.14 
0.07 
7-10 
0.48-0.69 
2.5 
0.17 
1.5 
0.10 
11-16 
0.76-1.1
0.21 
0.14 
17-25 
1.17-1.72 
0.28 
0.14 
26-40 
1.79-2.76 
0.35 
0.21 
41-65 
2.82-4.48 
0.42 
0.28 
66-100 
4.55-6.89 
0.62 
0.35 
101-150 
6.96-10.34
12 
0.83 
0.41 
151-200 
10.41-13.79 
16 
1.10 
0.62 
201-350 
13.86-24.13 
23 
1.59 
12 
0.83 

Faixas de fabricação reduzidas: zero, 1/4 e 1/2 estão disponíveis sob consulta.

Discos de Ruptura Compostos Modelo AV-ST

O disco de ruptura modelo AV-ST é um disco composto plano projetado para aliviar sobrepressões, com o mesmo valor de ajuste, em ambas direções. Este disco de ruptura pode ser aplicado em fluídos gasosos ou líquidos.

Características e Benefícios

  • Voltado para aplicações de baixas pressões.
  • Pressões de operação de até 60% da mínima pressão de ruptura.
  • Selo de FEP/PTFE.

Faixa de Pressão de Ruptura

Todos os discos de ruptura modelo AV-ST* possuem gravados na plaqueta de identificação os valores das pressões de ruptura mínima e máxima. Para pressões de ruptura de até 25 psig (1.72 barg) a faixa de ruptura é de ±1.25 psig (0.09 barg) e para pressões de ruptura maiores que 25 psig (1.72 barg) a faixa de pressão de ruptura é ±3 psig (0.21 barg). A faixa de fabricação e tolerância estão inclusas na faixa de pressão de ruptura.

Exemplo: Disco modelo AV-ST com faixa de ruptura mínima de 6 psig (0.41 barg) e máxima de 8.5 psig (0.59 barg) a 22oC (72oF), Ø3” (80mm).

Disco de Ruptura Composto Modelo AV- ST
Material Padrão AISI 316, Selo de FEP/ PTFE, Pressões Mínimas e Máximas de Ruptura @ 22°C (72°F)
DIMENSÃO MÍNIMA MÁXIMA
inch mm psig barg psig barg
2 50 6.25 0.43 40 2.76
3 80 5.25 0.36 35 2.41
4 100 4.25 0.29 30 2.10

Faixa de Temperatura: mínima de -40o C (-40oF) e máxima de 260oC (500oF) com selo de FEP/PTFE. Outros materiais e dimensões disponíveis sob consulta. * O disco de ruptura modelo AV-ST pode não ser aplicável para todas as instalações sanitárias. Consulte a BS&B.

Dimensões dos Alojamentos Sanitários FF-C para Discos Compostos DV-ST, D-ST, DD -ST e AV-ST
DIMENSÃO DO DISCO/ ALOJAMENTO DIMENSÃO DA BRAÇADEIRA/ OD DO TUBO (polegadas) ALTURA
Polegada(s)
mm 
Entrada
Disco 
Saída Polegada(s)
mm 
1.0
25 
1.5 
1.5 
1.5 3.0
76 
1.5
40 
2.0 
2.0 
2.0 3.0
76 
2.0
50 
3.0 
3.0 
3.0 3.0
76 
3.0
80 
4.0 
4.0 
4.0 4.0
102 
4.0
100 
6.0 
6.0 
6.0  5.5 
140 
 
Consulte a BS&B para alternativas de dimensões de braçadeiras para entrada e saída. Discos de ruptura modelo AV-ST estão disponíveis somente para Ø2" (50mm) e maiores.

Material padrão para alojamento é AISI 316 com braçadeira em AISI 304.

Discos de Ruptura para Alívio em Duas Direções Modelos VKB & P/VKB

O disco de ruptura modelo VKB é um disco que atua em duas direções que foi projetado para evitar a implosão (colapso causado por vácuo) sobrepressão. O disco pode ser usado tanto com fluídos líquidos quanto gasosos. O disco de ruptura VKB instalado no alojamento KB-C atende os requisitos sanitários do American 3A.

Alívio de Vácuo

No valor calibrado de atuação em vácuo, o selo do disco se desprende da camada metálica perfurada do disco para se cortar em três segmentos contra as lâminas cortantes posicionadas no alojamento de entrada. A camada metálica perfurada permanece intacta e o fluxo de vácuo se dá através dos orifícios nela localizados.

Faixa de Ruptura 

Os discos estão disponíveis com faixa de ruptura de +/-1.5 inWC (3.75 mbarg) para pressões de até 8.0 in WC (20 mbarg) e de +/- 20% para pressões maiores. Todas as tolerâncias estão inclusas na faixa de ruptura. Exemplo: um disco para abertura em vácuo de 7.0 inWC (17.5 mbarg) terá gravado em sua plaqueta 5.5 in WC (13.75 mbarg) como mínimo e 8.5 in WC (21.25 mbarg) como máximo.

Alívio de Sobrepressão

O disco alivia a sobrepressão abrindo-se totalmente ao longo dos recortes na cobertura metálica perfurada. O disco possui acabamento liso na face em contato com o processo o que evita o acúmulo de produto.

Faixas para Alívio em Vácuo e Sobrepressão para o Disco Modelo VKB
a 22° C (72°F)
TAMANHO DO DISCO
ALÍVIO EM VÁCUO
ÁREA DE ALÍVIO EM VÁCUO 
ALÍVIO EM SOBREPRESSÃO*
Mínimo
Máximo
Mínimo Máximo
in
mm
in WC
mbarg
in WC
mbarg
in2
mm2
psig
barg
psig
barg
2.0
50 
7.5
18.75 
44.0
110.0 
1.5
967 
18 
1.24
170 
11.7 
3.0
80 
6.5
16.25 
30.0
75.0 
3.57 
2303 
16 
1.10
170 
11.7 
4.0
100 
5.5
13.75 
30.0
75.0 
5.93 
3825 
13 
0.9
119 
8.2 
6.0
150 
5.5
13.75 
30.0
75.0 
12.30 
7935 
13 
0.9
90 
6.2 
8.0
200 
5.5
13.75 
20.0
50.0 
18.50 
11936 
0.48
55 
3.8 

* O disco se abre totalmente quando atuado por sobrepressão.
Pressões acima listadas são para temperatura de 22oC (72oF). Consulte a BS&B para outras pressões.
Temperatura mínima, para a condição de alívio em sobrepressão, de uso de -40oC (-40oF)e máxima de 120oC (250oF). Para aplicações em vácuo, temperatura máxima de 80o C (175oF). Materiais padrão são AISI 316 e selo em FEP/PTFE. Outros materiais disponíveis sob consulta.

Faixa de Fabricação

Os discos estão disponíveis com faixa de fabricação de +/- 2 psig (0.138 barg) ou menos 10% dependendo da pressão de ruptura.

Pressão de Ruptura Faixa de Fabricação
Até 40 psig (2.76 barg) +/- 2   psig (0.138 barg)
Acima de 40 psig (2.76 barg) -10 % 

Exemplo: Para um disco com pressão de ruptura de 58 psig (4 barg) a faixa de fabricação será de -10%. Os valores dos testes das amostras rompidas durante o processo de fabricação deverão estar entre 52.2 e 58 psig. A o valor médio das rupturas observadas em fabricação será gravado na plaqueta.

Tolerância de Ruptura

Tolerância é a máxima variação da pressão estampada na plaqueta do disco de ruptura.

Pressão de Ruptura Estampada na Plaqueta do Disco Tolerância
psig (barg)
6 - 8 (0.41 - 0.55) ± 20%
9 - 12 (0.62 - 0.83) ± 15%
13 - 17 (0.90 - 1.17) ± 10%
18 - 25 (1.24 - 1.72) ± 7%
26+ (1.79 and above) ± 5%

Pressão de Operação

Os discos de ruptura podem estar sujeitos às pressões de operação que seguem sem que seja afetada a vida útil do disco.

Alívio em Vácuo: até 80% da pressão de mínima de ruptura.

Alívio em Sobrepressão: até 80% da pressão de ruptura estampada na plaqueta do disco de ruptura.

Disco de Ruptura Modelo P/VKB

O disco de ruptura modelo P/VKB é um disco com atuação em dois sentidos projetado para aliviar baixas pressões positivas e evitar a ocorrência de implosões através do alívio em vácuo. O disco pode ser usado em fluidos líquidos ou gasosos. O disco de ruptura modelo P/VKB é o disco modelo VKB invertido.

Alívio de Sobrepressão

Na pressão de ruptura especificada o selo do disco se separa da parte metálica perfurada para alcançar as facas no alojamento de saída cortando o selo em três partes. A parte metálica perfurada mantém-se intacta e o fluxo que atravessa os furos alivia a sobrepressão.

Faixa de Pressão para Baixas Pressões Positivas e
Valores de Vácuo para Discos Modelo P/VKB a 22°C (72°F)
ALÍVIO EM SOBREPRESSÃO
DIMENSÃO DO DISCO ALÍVIO EM VÁCUO ÁREA DE ALÍVIO
MÍNIMO MÁXIMO
Polegada(s) mm in WC mbarg in WC mbarg in2 mm2
2.0 
50 
7.5
18.75
44.0
110.0 
1.5
967 
3.0 
80 
6.5
16.25
30.0
75.0 
3.57 
2303 
4.0 
100 
5.5
13.75
30.0
75.0 
5.93 
3925 
6.0 
150 
5.5
13.75
30.0
75.0 
12.30 
7935 
8.0 
200 
5.5
13.75
20.0
50.0 
18.50 
11936 

Pressões acima listadas são para temperatura de 22oC (72oF). Consulte a BS&B para outras pressões. Materiais padrão são AISI 316 e selo em FEP/PTFE. Outros materiais disponíveis sob consulta. Temperatura mínima de uso de -40oC (-40oF) e máxima de 170oC (80oF).

Faixa de Ruptura

Os discos estão disponíveis com faixa de ruptura de +/-1.5 inWC (3.75 mbarg) para pressões de até 8.0 inWC (20 mbarg) e de +/- 20% para pressões maiores. Todas as tolerâncias estão inclusas na faixa de ruptura. Um disco com pressão de ruptura de 16.0 inWC (40 mbarg) terá gravado em sua plaqueta de identificação o mínimo de 12.8 inWC (32 mbarg) e máximo de 19.2 inWC (48 mbarg).

Pressão de Operação

O sistema pode operar com até 80% da pressão mínima (da faixa de pressão) sem que seja afetada a vida útil do disco.

Alívio em Vácuo

O disco também pode ser usado pra aliviar vácuo dependendo da aplicação.

Alojamentos modelos KB-C e PKB-C

Pinos com alinhamento assimétrico do alojamento se encaixam nos furos de posicionamento do disco assegurando a montagem correta do conjunto. O material padrão de fabricação dos alojamentos é aço inoxidável AISI da série 300, as facas são de AISI 301.

Dimensões dos Alojamentos Sanitários KB-C/ PKB-C para Discos Vac-Saf Modelos VKB, P/VKB
DIMENSÃO DO DISCO/ ALOJAMENTO
DIMENSÃO DA BRAÇADEIRA/ Ø EXTERNO DO TUBO (polegadas)
ALTURA “A”
Polegadas
mm
Entrada Disco Saída
Polegadas
mm 
2
50 
3
76 
3
80 
3
76 
4
100 
4
102 
6
150 
4
102 
8
200 
10 
10 
10 
4.5 
  114.3

Consulte a BS&B para outras dimensões de braçadeiras.

Discos para Alívio em Dois Sentidos Modelo AVB-ST & P/AVB-ST

O disco de ruptura modelo AVB-ST, assim como o VKB, é um disco de ruptura que atua nos dois sentidos que foi projetado para evitar implosões (quando exposto ao vácuo) e sobrepressões. Este disco é aplicável para faixas intermediárias de vácuo e pressões de ruptura, para sobrepressão, que não são atendidas pelos discos VKB.

Alívio em Vácuo
Faixa de Ruptura

Os discos estão disponíveis com uma faixa de ruptura que incluem a faixa de fabricação e tolerância de ruptura. Como exemplo, um disco de ruptura de Ø4” (100mm) ajustado para 5 psig (0.34 barg) em vácuo terá gravado em sua plaqueta de identificação a pressão de ruptura mínima de 4.5 psig (0.31 barg) e máxima de 5.5 psig (0.38 barg).

Alívio em Sobrepressão
Faixa de Fabricação

Os discos estão disponíveis com faixas de fabricação de 0%, -5% ou -10%. Se um disco é especificado com pressão de ruptura de 50 psig (3.45 barg) e faixa de fabricação de -10%, o disco terá gravado em sua plaqueta de identificação a pressão de ruptura entre 45 psig (3.1 barg) e 50 psig (3.45 barg).

Faixa de Pressão para Vácuo e Sobrepressão para Discos Modelos AVB-ST a 22°C (72°F)
DIMENSÃO DO DISCO ALÍVIO EM VÁCUO (psig/barg) OVERPRESSURE RELIEF (psig/barg)
in mm MÍNIMO MÁXIMO FAIXA DE RUPTURA ÁREA DE ALÍVIO MÍNIMO MÁXIMO ÁREA DE ALÍVIO
psig barg psig barg psig barg in2 cm2 psig barg psig barg
50 
5
0.345 
10 
0.689
±.5
±.0345 
1.98 
12.8 
0.552
100 
6.89
Total
3
80 
3
0.206 
10 
0.689
±.5
±.0345 
2.03 
13.1 
0.345
100 
6.89
Total
4
100 
2
0.138 
10 
0.689
±.5
±.0345 
3.58 
23.1 
0.345
100 
6.89
Total
6
150 
1.5
0.103 
0.413
±.25
±.0172 
5.93 
38.25
0.207
85 
5.86
Total
8
200 
0.069 
0.413 
±.25
±.0172 
9.25 
59.68 
0.207
65 
 4.48 
Total

Material padrão aço inoxidável AISI 316, selo em PTFES e anel de controle de vácuo em Kapton. Outros materiais disponíveis sob consulta.

Temperatura mínima de uso -40°C (-40°F) e máxima 204°C (400°F).

Tolerância de Ruptura
Tolerância é a máxima variação admissível da pressão estampada na plaqueta de identificação do disco de ruptura.

Tagged Burst Pressure Rating 
PSIG 
BARG 
BURST TOLERANCE%
3-5 
0.21-0.35 
± 25
6-8 
0.41-0.55 
± 20
 9-12
0.62-0.83 
± 15
13-17 
  0.9-1.17
± 10
18-25 
1.24-1.72 
± 7
26 e acima 
1.8 e acima 
± 5

Pressões de Operação

Os discos de ruptura podem ser expostos às pressões de operação que seguem sem que seja afeta a sua vida útil.

Alívio de Sobrepressão: até 70% da pressão de ruptura estampada na plaqueta.
Alívio em Vácuo: até 60% do valor mínimo de vácuo estampado na plaqueta.

Disco de Ruptura Modelo P/AVB-ST

O disco de ruptura modelo P/AVB-ST é um disco modelo AVB-ST invertido. O P/AVB-ST atende uma faixa intermediária de sobrepressão e atinge valores a ajuste para vácuo que não são atendidos pelo disco modelo P/VKB disk.

Alívio de Sobrepressão

Faixa de Ruptura

Os discos estão disponíveis com uma faixa de pressão de ruptura mínima e máxima que inclui a faixa de fabricação e a tolerância. Como exemplo, um disco de Ø3" (80mm) com pressão de ruptura de 7 psig (0.48 barg) terá estampado em sua plaqueta os valores de mínimo de 6.5 psig (0.45 barg) e máximo de 7.5 psig (0.52 barg).

Pressão de Operação

O sistema pode operar com até 60% do valor mínimo da faixa de ruptura estampada na plaqueta sem que seja afetada a vida útil do disco de ruptura.

Alívio em Vácuo

O disco pode ser usado no alívio de vácuo em condições específicas.

Faixa de Pressão para Alívio em Baixa Sobrepressão para Discos Modelo P/AVB-ST
a 22°C (72°F)
DIMENSÃO DO DISCO
MÍNIMO
MÁXIMO 
FAIXA DE RUPTURA
ÁREA DE ALÍVIO
Polegadas
mm
psig
barg
psig
barg
psig
barg
in2         
cm2
2
50 
5
0.345
10
0.689 
±.5
±.0345 
1.98 
12.8
3
80 
3
0.206
10
0.689 
±.5
±.0345 
2.03 
13.1
4
100 
2
0.138
10
0.689 
±.5
±.0345 
3.58 
23.1
6
150 
1.5
0.103
6
0.413 
±.25
±.0172 
5.93 
38.25
8
200 
1
0.069
0.413 
±.25 
±.0172 
9.25 
59.68

Temperatura mínima de uso de -40oC (-40oF) e máxima de 204oC (400oF).

Alojamentos VB-C e P/VB-C

Pinos com alinhamento assimétrico do alojamento se encaixam nos furos de posicionamento do disco assegurando a montagem correta do conjunto. O material padrão de fabricação dos alojamentos é aço inoxidável AISI 316.

Dimensões dos Alojamentos Sanitários VB-C e P/VB-C para Discos Modelos AVB-ST e P/AVB-ST
DIMENSÃO DO DISCO/ ALOJAMENTO   
DIMENSÃO DA BRAÇADEIRA/ OD DO TUBO (pol.)
ALTURA
Polegadas
mm
Entrada
Disco
Saída
pol.
mm
2
50 
4.0 
102
3
80 
4.0 
102
4
100 
5.5 
140
6
150 
8
*
8
200 
10 
10 
10
*
*

Consulte a BS&B para outras dimensões de braçadeiras.

Painéis de Explosão Modelos VSP & VSE

Painéis de Explosão protegem os equipamentos contra os efeitos causados por eventos de deflagração de materiais combustíveis. Estes painéis de explosão são construídos em peças únicas de aço e fornecidos com acabamento superficial liso. Os painéis são fornecidos com juntas de silicone branco montadas na face de entrada e tem o perímetro interno acabado também em silicone (de vulcanização ambiente) aprovado pelo FDA a fim de atender a condição sanitária/ asséptica.

Os painéis de explosão estão disponíveis em uma ampla combinação de dimensões e nos formatos circular e retangular. Para mais informações veja o catálogo 77-8015.

Os equipamentos tipicamente protegidos incluem, entre outros, silos, secadores (spray driers) e coletores de pó.

Sensor de Alerta Sanitário Modelo SAS

O sensor de alerta sanitário modelo SAS fornece um alerta imediato quando da ruptura do disco se usado com o Monitor de Disco de Ruptura (Catálogo 77-1009) ou outro equipamento elétrico aplicável. O sensor é fornecido com juntas para montagem entre conexões sanitárias e é montado a jusante do disco. Os materiais disponíveis para juntas são o Viton (branco ou preto), EPDM (branco ou preto) e silicone. A BS&B também dispõe de Sistema de Detecção de Vazamento. Entre em contato para mais detalhes.

O sensor é classificado como um dispositivo simples e é aplicável para instalações perigosas se instalada apropriadamente com outro dispositivo certificado (Barreira Zener, por exemplo). Tensão máxima de 24VDC. Corrente máxima de 500mA.

Braçadeiras Sanitárias e Acessórios

Os discos de ruptura para aplicações sanitário/ assépticas são instalados entre conexões sanitárias e montados com o uso de braçadeiras sanitárias tipo Tri-Clover modelo 13 MHHS (ou equivalente) com porca sextavada para torqueamento. Pressões mais elevadas de ruptura requerem braçadeira bipartida de alta pressão modelo 13 MHP (ou equivalente). Acessórios como spool, conexões para solda em tanque estão disponíveis.